19 de abril de 2024 - 18:22

Agro 360

17/02/2024 19:34

Carnaval impacta o mercado de trigo no Brasil, reduzindo o ritmo de negociações

Indústria enfrenta semana com poucos negócios, influenciada pelo período de festividades, enquanto analista observa perspectivas e destaque para vendas internacionais

O mercado brasileiro de trigo enfrentou mais uma semana com baixo volume de negociações, impactado pelo período reduzido devido ao Carnaval. Desde o início do ano, quando a indústria entrou em férias coletivas, os moinhos têm realizado compras apenas em situações pontuais, mantendo seus estoques bem abastecidos.

A expectativa é que essa dinâmica persista até meados de abril, uma vez que os produtores estão atualmente focados nas safras de verão, afastando-se temporariamente dos negócios. Contratos ocasionais são fechados apenas quando os vendedores precisam liberar espaço em seus armazéns.

Elcio Bento, analista de Safras & Mercado, destaca uma leve melhora nas cotações no Paraná, com indicações em torno de R$ 1.280/tonelada para trigo tipo 01. Esses preços se aproximam da paridade de importação em relação à Argentina, que gira em torno de R$ 1.290/tonelada. No Rio Grande do Sul, os últimos relatórios apontam preços entre R$ 1.180 e R$ 1.200 por tonelada.

O destaque continua sendo a robustez das vendas internacionais. Os line-ups de exportação/cabotagem de trigo atingiram 2,901 milhões de toneladas na temporada 2023/24 até meados de março/24, representando um aumento de 112 mil toneladas em comparação ao mesmo período do ano anterior. O Porto de Rio Grande lidera, com 77% do total, seguido por Imbituba/SC com 14% e Paranaguá/Antonina/PR com 9%. Em janeiro, os estados do Sul registraram 972 mil toneladas, fevereiro (até a metade) chegou a 848 mil toneladas e março a 127 mil toneladas.

No Fórum anual do USDA, a projeção para a área plantada com trigo nos Estados Unidos em 2024/25 é de 47 milhões de acres, um declínio em relação aos 49,6 milhões de acres da safra anterior. A produção estimada é de 1,9 bilhão de bushels, com exportações previstas em 775 milhões de bushels e estoques finais estimados em 769 milhões de bushels.

Fonte: Portal do Agronegócio


Plantão

(65) 99288-0115