Policia

20/01/2020 11:50

PM de Cáceres identifica suspeitos e recupera caminhonete roubada em Acorizal; família foi mantida refém

Maricelle Lima Vieira 

Uma equipe da Força Tática de Cáceres (a 225 km de Cuiabá) encaminhou à delegacia na madrugada deste domingo (19.01) três homens e uma mulher por receptação. Com o grupo foi recuperada uma caminhonete Hilux prata, que horas antes havia sido roubada de uma residência na cidade de Acorizal. A família foi mantida refém.

De acordo com o boletim de ocorrência, os policiais estavam em patrulhamento pelo bairro Santa Izabel quando viram um homem descendo da caminhonete em um posto de combustível. Quando ele viu a viatura tentou correr, mas foi contido. Aos militares, o homem disse que o veículo era roubado e receberia R$ 5 mil para entregar para um suspeito que conhecia apenas por apelido. O local combinado seria no pátio do posto de combustível.  

Os militares vistoriavam o veículo quando viram duas pessoas em uma motocicleta que observavam a ação de longe, mas seguiram sentido BR-070. Minutos depois, as mesmas pessoas, um homem e uma mulher, passaram em um veículo S10 prata, olhando a ação policial. Eles foram abordados quando seguiam sentido área central da cidade. Mais homem estava com a dupla dentro do carro.

O trio entrou em contradição e não explicou o motivo de observarem a ação policial. Porém, um dos homens foi apontado pelo primeiro suspeito detido, com o que ele negociava para entregar a caminhonete.  Em consulta, os policiais descobriram que a Hilux tinha sido roubada na noite de sábado (17) e que cinco pessoas da mesma família foram mantidas trancadas, por quatro homens armados.

Serviço 

A sociedade pode contribuir com as ações da Polícia Militar de qualquer cidade do Estado, sem precisar se identificar, por meio do disque-denúncia 0800.65.3939. Nesse número, sem custo de ligação, qualquer cidadão pode informar situações suspeitas ou crimes. Exemplos: a presença de foragidos da Justiça com mandado de prisão em aberto e ponto de venda de droga.


Copyright  - MT HOJE  - Todos os direitos reservados