15 de julho de 2024 - 11:24

Esporte

07/07/2024 07:41

Flamengo fica no empate com Cuiabá, e rivais podem se aproximar na tabela

O favoritismo do Flamengo não prevaleceu na noite deste sábado, no Maracanã. Apesar de ser o líder do Campeonato Brasileiro, o Rubro-Negro não teve boa atuação diante de um inteligente Cuiabá, que soube se fechar, esfriar o jogo e contra-atacar quando necessário para garantir o empate em 1 a 1, pela 14ª rodada da competição. Derik Lacerda foi o autor do gol mato-grossense. Já Pedro empatou para a equipe de Tite, mas faltou fôlego e mais futebol para conseguir a virada.

Rivais podem se aproximar

Apesar de comemorado pelo Cuiabá, o empate não foi bom para nenhuma das duas equipes. O Flamengo mantém a liderança do Brasileirão com 31 pontos conquistados, mas pode ver a vantagem cair para apenas um ponto se Botafogo e/ou Palmeiras vencerem na rodada. Já o Cuiabá segue em 15º lugar, com 14 pontos, mas pode parar dentro da zona de rebaixamento em caso de vitórias de Grêmio, Corinthians e Vitória.

 

Tabela e agenda

Com a liderança do Campeonato Brasileiro garantida com 31 pontos, o Flamengo volta a campo na próxima quinta-feira, quando enfrenta o Fortaleza, às 20h (de Brasília), no Maracanã. Já o Cuiabá, 15º colocado com 14 pontos, teve o seu jogo da próxima rodada adiado — seria contra o Juventude, na Arena Pantanal. Então, pelo Brasileirão, volta a campo diante do Bahia, no dia 13 de julho, na Arena Fonte Nova.

Preocupação com Bruno Henrique

Além do empate, Tite tem outro motivo para se preocupar. Bruno Henrique, do Flamengo, sofreu uma lesão no tornozelo direito contra o Cuiabá. O atacante deixou a partida aos 37 minutos do primeiro tempo após Derik Lacerda cair em cima da perna do camisa 27 após um choque com Ayrton Lucas. O jogador rubro-negro levou a pior e pediu para deixar o gramado.

Que chance, Pitta…

Já o Cuiabá, que tem méritos por conseguir segurar o líder no Maracanã, vai se lamentar por muito tempo pelo gol perdido por Isidro Pitta. De cara para o gol, ele até conseguiu encobrir Rossi, mas a bola saiu tirando tinta da trave. O lance aconteceu aos 47 minutos do primeiro tempo e seria decisivo para uma possível vitória da equipe mato-grossense.

Como foi o primeiro tempo?

Apesar do favoritismo do Flamengo, quem chamou a atenção no primeiro tempo no Maracanã foi o corajoso Cuiabá, que levou a vantagem de 1 a 0 no placar para o Intervalo. E poderia ser 2 a 0, se Isidiro Pitta não tivesse perdido uma chance inacreditável.

O Flamengo teve mais posse de bola e até criou algumas chances, mas teve atuação longe da que pode ser considerada ideal. Por vezes sonolento, foi facilmente marcado pela defesa mato-grossense. Ainda perdeu Bruno Henrique, lesionado. A melhor chance veio numa cabeçada de Pedro, já nos acréscimos da primeira etapa.

O Cuiabá se preparou para contra-atacar. Abriu o placar com Derik Lacerda e levou perigo em mais duas outras oportunidades da mesma forma: roubando a bola no campo de defesa do Flamengo. Estratégia bem executada.

Como foi o segundo tempo?

A segunda etapa não foi tão diferente da primeira, mas o Flamengo teve maior poder de fogo. Tanto que conseguiu empatar com Pedro, de cabeça, aproveitando um belo cruzamento de Ayrton Lucas. Mas não se engane: passou longe de ser uma boa etapa feita pelo Rubro-Negro.

Por vezes, a torcida do Flamengo reclamou da falta de objetividade e velocidade da equipe. Achou o gol, mas se mostrou desorganizada em campo mesmo com as substituições feitas por Tite. A ponto de o treinador tirar dois dos jogadores que começaram a partida no banco de reservas: Werton e Lorran.

O Cuiabá atacou menos, se preocupou em se defender e conseguiu segurar o empate, que foi comemorado pelos jogadores da equipe mato-grossense.


Plantão

(65) 99288-0115