19 de abril de 2024 - 17:58

Politica

02/04/2024 09:01 HNT / Camila Ribeiro

Eduardo Botelho acolhe recomendação de Mendes e definição de vice fica para junho

Segundo presidente da AL, apenas o PRD assumiu compromisso em apoiar chapa do UB à Prefeitura de Cuiabá e diálogo segue com Republicanos, SD, PSDB e PSB

O presidente da Assembleia Legislativa (ALMT), Eduardo Botelho (UB), acolheu a recomendação do governador Mauro Mendes (UB) para que a definição do vice em sua chapa à Prefeitura de Cuiabá seja em junho, mais próximo das convenções partidárias. Nos bastidores, o Republicanos e o PSB duelam pela indicação do nome que estará no palanque ao lado de Botelho. Porém, o pré-candidato ao Alencastro ponderou e disse que, até o momento, apenas o PRD, presidido por Mauro Carvalho em Mato Grosso, assuimiu o compromisso para apoiá-lo e o diálogo segue com as duas agremiações, da mesma forma que há a tentativa de estreitar o vínculo com o Solidariedade e o PSDB.

"Estou plenamente de acordo com o governador. Nós vamos ter que trabalhar os partidos aliados, todos aqueles que querem vir para construir uma nova Cuiabá, refazer essa cidade. Com esse grupo, vamos trabalhar para escolher o vice e esse grupo que vai decidir", asseverou Eduardo Botelho.

Levando em consideração os atores políticos mais próximos do União Brasil, o Republicanos teria vantagem, uma vez que o vice-governador Otaviano Pivetta é um dos caciques da sigla. Mas o pré-candidato tenta não se antecipar, já que as negociações ainda são costuradas. 

"Estou buscando, na verdade, todos. Não tem ninguém que veio aqui, com exceção do União e PRD, confirmando o compromisso de estarem conosco. Estamos caminhando para isso. Estamos discutindo com o Republicanos, mas não conseguimos chegar para ficar definirtivamente fechado. Estamos conversando com o Solidariedade. Estamos conversando com o PSDB, PSB. Existem várias conversas, mas creio que, depois, que passar esse período (de janela partidária) será possível alguns firmarem compromisso conosco", explicou Eduardo Botelho.

Entre as siglas sondadas para compor o arco de alianças, Botelho tem uma que declinou. O PSDB recalculou a rota para as eleições municipais de 2024 e optou por bancar a pré-candidatura de Carlos Avallone (PSDB). O presidente nacional do partido, Marconi Perillo, não só apoia o projeto político como pediu para que o deputado estadual insistisse na disputa. 

Independente da decisão, o que está consolidado é a participação ativa de Mauro Mendes nas discussões. O governador não abre mão de liderar as negociações e Botelho respeitará a fala do presidente estadual do União Brasil. 

"Evidentemente que o governador vai ter uma participação muito grande, pois ele é o nosso líder maior, ele é o presidente do partido. Com certeza que o peso dele vai ser fundamental", finalizou Eduardo Botelho.

FIQUE ATUALIZADO: Entre em nosso grupo do WhatsApp e receba informações (clique aqui)


Plantão

(65) 99288-0115